Sabias palavras, não é?

Leia e reflita:

Um velho índio descreveu certa vez os seus conflitos internos:

“Dentro de mim existem dois cachorros, um deles é cruel e mau, o outro é muito bom e dócil. Eles estão sempre a brigar”.

Quando então lhe perguntaram qual dos cachorros ganharia a briga, o sábio índio parou, refletiu e respondeu:

“Aquele que eu alimentar”.

Até a próxima…